Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Relatorios em php e java

Pode ser feito através do ireport. Onde há o site para pesquisas www.ireport.com.br para baixar plugins de integração para o netbeans, instalador do relatorio

Relatorios em php e java

Imagem
Relatorios em php e java
Pode ser feito através do ireport. Onde há o site para pesquisas www.ireport.com.br para baixar plugins de integração para o netbeans, instalador do relatorio

Neste artigo, vou mostrar como gerar um relatório usando o iReport, no qual as informações virão de um banco de dados, e usaremos o Hibernate para conexão. Em uma aplicação, é comum que o cliente queira um relatório. Para gerá-lo, vamos usar o iReport e o JasperReport.  No “mundo real”,  gera-se um relatório a partir de uma base de dados, que na maioria das vezes é um banco de dados.

Vamos trabalhar com a hipótese de que você já tenha um BD e uma tabela de onde deseja extrair a informação.

Este é meu banco:



Requisitos:

Você precisa fazer o download do iReport. Até o momento, a versão mais recente é a 3.7.6.

Configuração:

Faça o download do iReport;
Copie os .jars que estão na pasta ext do iReport para o projeto Java, mas, se for JEE, adicione à pasta lib. Não se esqueça do .jar para o BD, caso os dados do relatór…

Relatorios em php e java

Pode ser feito através do ireport. Onde há o site para pesquisas www.ireport.com.br para baixar plugins de integração para o netbeans, instalador do relatorio

Relatorios em Delphi

Para se fazer relatórios com delphi há possibilidade de usar o componente integrado a sua API chamado quick report. Onde o mesmo possibilita varias coisas somente arrastando e soltando em cima da folha de relatório. O quick report se manteve ativo ate o delphi 7

Relatorios em Delphi

Imagem
Relatorios em Delphi
Para se fazer relatórios com delphi há possibilidade de usar o componente integrado a sua API chamado quick report. Onde o mesmo possibilita varias coisas somente arrastando e soltando em cima da folha de relatório. O quick report se manteve ativo ate o delphi 7

Vamos usar basicamente duas tabelas pincipais do DBDEMOS (ORDERS e ITEMS) e outras relacionadas (CUSTORMER, EMPLOYEE, PARTS ).

Abra o Delphi, adicione dois(2) Forms (Form1 e Form2).

1º Passo: No Form2 adicione:

TQuickRep (QuickRep1);
TQRBand - opção BandType = rbTitle (QRBand1);
TQRGroup (QRGroup1)
e outro TQRBand - opção BandType = rbDetail (QRBand2).

2º Passo: Adicione Duas TQuery's (vamos chamar de QryOrders e QryItems) e na opção DataBaseName escolha DBDEMOS e adicione um DataSource (DsOrders) na opção. DataSet coloque a QryOrders

No QuickRep1 na opção DataSet coloque a QryOrders.

- Na QryOrders:

Citar
Select O.ORDERNO, O.SALEDATE, O.CUSTNO, C.COMPANY, O.EMPNO,E.LASTNAME||' '||E.FIRSTNAME NAME, O.ITEMS…

Relatorios em Delphi

Para se fazer relatórios com delphi há possibilidade de usar o componente integrado a sua API chamado quick report. Onde o mesmo possibilita varias coisas somente arrastando e soltando em cima da folha de relatório. O quick report se manteve ativo ate o delphi 7

Possibilidades html 5

Inserir musica com tag HTML
Inserir vídeo com tag HTML
Corretor ortográfico
Tipos variados para inputs tais como o date
Maxlength para textarea
Validação direto no input colocando requerid
Auto complet para formulários capturando inputs com mesmo nome e sugerindo para completar

Possibilidades html 5

Imagem
Possibilidades html 5
Inserir musica com tag HTML
Inserir vídeo com tag HTML
Corretor ortográfico
Tipos variados para inputs tais como o date
Maxlength para textarea
Validação direto no input colocando requerid
Auto complet para formulários capturando inputs com mesmo nome e sugerindo para completar

Autor: Thyago Henrique Pacher

Nosso pessoal é especializado em produção de sistemas para nuvem de acordo com o que for necessário para sua empresa e altamente configurável. Entre em contato conosco e podera ter seu sistema até hoje mesmo com máximo de garantia de dados salvos na nuvem e podendo recupera-los a hora que quiser. Temos em nosso portfólio o desenvolvimento de bons e grandes sistemas cujo são voltados para condominios ficando em GestCCon Sistema Concierge, JedisaMunck site para muncks, Site para advogados Ronald Arruda, empresas de consignação de créditos, sites institucionais, sites para cursos online com integração a plataformas famosas tais como moodle.
Utilizamos no nosso dia a dia as…

Possibilidades html 5

Inserir musica com tag HTML
Inserir vídeo com tag HTML
Corretor ortográfico
Tipos variados para inputs tais como o date
Maxlength para textarea
Validação direto no input colocando requerid
Auto complet para formulários capturando inputs com mesmo nome e sugerindo para completar

Componentes integrados

Imagem
Componentes integrados
Componentes integrados


Com exceção do processador e da memória, as placas tudo-onboard atuais são praticamente PCs completos. Em alguns casos, até o processador vem pré-instalado ou soldado à placa, de forma que você só precisa instalar a placa dentro do gabinete, instalar o HD e espetar um pente de memória para ter um PC completo.

De uma forma geral, não existe muita diferença em colocar um mesmo chipset de rede em uma placa PCI, instalá-lo diretamente à placa-mãe ou integrá-lo diretamente ao chipset. O circuito continua sendo o mesmo e, se não forem feitas modificações no projeto, a qualidade e o desempenho também. A vantagem é que a integração torna o conjunto bem mais barato, o que abriu as portas para o surgimento de PCs de baixo custo, como os que temos hoje.

Os componentes integrados à placa-mãe podem ser desativados através da seção "Onboard Device Configuration", "Features Setup" ou "Integrated Peripherals". Algumas das opções …

Funçao crud php

Para realizar qualquer comando de crud de inserir, atualizar, ou excluir e ate pesquisar basta usar mysql_query()

Função crud php

Imagem
Função crud php0Função crud php
Para realizar qualquer comando de crud de inserir, atualizar, ou excluir e ate pesquisar basta usar mysql_query()

http://php.net/manual/pt_BR/book.mysql.php

O que advem de bons programadores é criar com essa função uma boa classe de conexão. Classe essa que venha a gerir todas as peculiaridades essenciais do seu projeto de forma que consiga aumentar a produtividade.

Basicamente para utilizar a funcionalidade você precisa usar antes sempre o comando de conexão que é mysql_connect
Dias atuais
Hoje em dia o genero mysql foi considerado depreciado por questões de segurança e no seu lugar entrou o mysqli que é bem parecido em genero, numero e grau mudando pouquíssimas coisas.

http://php.net/manual/pt_BR/book.mysqli.php

[caption id="" align="alignnone" width="192"] Função crud php[/caption]
Autor: Thyago Henrique Pacher
Nosso pessoal é especializado em produção de sistemas para nuvem de acordo com o que for necessário para sua empresa e …

Funçao crud php

Para realizar qualquer comando de crud de inserir, atualizar, ou excluir e ate pesquisar basta usar mysql_query()

Log no firebird

https://www.evernote.com/shard/s218/sh/4759b374-f09b-4b50-8eb2-8a6535f24f8a/fedd4bbce95d75f627c7813fe04bd3c4

Log no firebird

Imagem
Log no firebird
1o.) Acesse a pasta do Meta Manager e execute o ícone FireMeta







2o.) Informe o login [ consultor ] e a senha [ somaconsult ]

3o.) Selecione a base de dados que deseja realizar o monitoramento.







4o.) Clique no menu Ferramentas e escolha a opção Log de Monitoração

5o.) Verifique se os dados da conexão da base de dados e se estiver correto clique no botão [ Avançar ]

6o.) Aparecerá na tela as tabelas que estam sendo monitoradas no sistema SomaERP. Para selecioná-las clique no botão ao lado







7o.) Após selecionar as tabelas desejadas clique no botão [ OK ]

8o.) Observe que na tela aparecerão todas as tabelas selecionadas. Clique no botão Avançar para concluir o processo.



Botões Adicionais:

[ Salvar lista de tabelas do disco ]

Objetivo: Criar uma lista das tabelas que serão monitoradas pelo sistema.
[ Ler lista de tabelas do disco ]

Objetivo: Obter a lista de tabelas que, provavelmente, estão sendo monitoradas pelo sistema.
Autor: Thyago Henrique Pacher
Nosso pessoal é especializado em produç…

Log no firebird

https://www.evernote.com/shard/s218/sh/4759b374-f09b-4b50-8eb2-8a6535f24f8a/fedd4bbce95d75f627c7813fe04bd3c4

Características do Java

-Orientação a objectos
-Possibilidade de ser executado em multiplataforma
-Utilização de threads
-Pode ser executado com tudo tipo de banco de dados, ate hoje não conheço nenhum que não possa.
-Possibilidade de se utilizar extends para um tipo de herança
-utilização de vários frameworks de persistência tais como hibernate , spring, toplink e datanucleus

Características do Java

Imagem
Características do Java
-Orientação a objectos
-Possibilidade de ser executado em multiplataforma
-Utilização de threads
-Pode ser executado com tudo tipo de banco de dados, ate hoje não conheço nenhum que não possa.
-Possibilidade de se utilizar extends para um tipo de herança
-utilização de vários frameworks de persistência tais como hibernate , spring, toplink e datanucleus

[caption id="" align="alignnone" width="1024"] Características do Java[/caption]

Autor: Thyago Henrique Pacher

Nosso pessoal é especializado em produção de sistemas para nuvem de acordo com o que for necessário para sua empresa e altamente configurável. Entre em contato conosco e podera ter seu sistema até hoje mesmo com máximo de garantia de dados salvos na nuvem e podendo recupera-los a hora que quiser. Temos em nosso portfólio o desenvolvimento de bons e grandes sistemas cujo são voltados para condominios ficando em GestCCon Sistema Concierge, JedisaMunck site para muncks, Site para advog…

Características do Java

-Orientação a objectos
-Possibilidade de ser executado em multiplataforma
-Utilização de threads
-Pode ser executado com tudo tipo de banco de dados, ate hoje não conheço nenhum que não possa.
-Possibilidade de se utilizar extends para um tipo de herança
-utilização de vários frameworks de persistência tais como hibernate , spring, toplink e datanucleus

Chamando input em javascript

Para chamar input com javascript pode se usar a seguinte sintaxe:document.getelementbyid("nome").value;Onde nome é igual ao id do input que se quer pegar

Chamando input em javascript

Chamando input em javascript
Para chamar input com javascript pode se usar a seguinte sintaxe:
document.getelementbyid("nome").value;
Onde nome é igual ao id do input que se quer pegar
Funçoes em JavaScript


Vou tentar passar um pouco sobre funções em JavaScript. Elas são muito utilizadas e devem ser bem aproveitadas pelos seus aspectos positivos, não só em JavaScript, mas como em qualquer outra linguagem de programação, que são: O código fica bem organizado, você ganha tempo e espaço, o seu código é executado com melhor desempenho e você pode executar quantas vezes desejar a sua função.

Para a criação de uma função em JavaScript, devemos fazer seguindo o modelo:



function nome-da-função {

//

Function é o parametro utilizado para a criação da função, portanto é

uma palavra reservada para criação da função em JavaScript.

ação da função

// Aqui se executa as funções que deseja.

}


E para executar essa função posteriormente basta usar:

nome-da-função();

Muito simples. E muitas pessoas quando fala…

Chamando input em javascript

Para chamar input com javascript pode se usar a seguinte sintaxe:document.getelementbyid("nome").value;Onde nome é igual ao id do input que se quer pegar

Estrategias para performance java

Usar só uma conexão pois cada conexão ao banco de dados é um processo muito demorado, a sugestão seria criar essa conexão na camada de visão e levar ela entre as camadas sempre que precisasse persistir dados.
Só usar collections,array,list com a capacidade inicial determinada.
Criação de índices para todos os critérios utilizados nas buscas, prefirindo sempre os atributos int pois estes são menores e mais fáceis de encontrar o resultado e quando for atributo varchar limitar o índice a pesquisar somente parte dessa string.
Usar serializaçao de objetos fato muito interessante se quiser carregar a listagem do banco de dados somente uma vez e usar arquivos de texto depois

Estrategias para performance java

Imagem
Estrategias para performance java
Usar só uma conexão pois cada conexão ao banco de dados é um processo muito demorado, a sugestão seria criar essa conexão na camada de visão e levar ela entre as camadas sempre que precisasse persistir dados.
Só usar collections,array,list com a capacidade inicial determinada.
Criação de índices para todos os critérios utilizados nas buscas, prefirindo sempre os atributos int pois estes são menores e mais fáceis de encontrar o resultado e quando for atributo varchar limitar o índice a pesquisar somente parte dessa string.
Usar serializaçao de objetos fato muito interessante se quiser carregar a listagem do banco de dados somente uma vez e usar arquivos de texto depois

Autor: Thyago Henrique Pacher

Nosso pessoal é especializado em produção de sistemas para nuvem de acordo com o que for necessário para sua empresa e altamente configurável. Entre em contato conosco e podera ter seu sistema até hoje mesmo com máximo de garantia de dados salvos na nuvem e podend…

Estrategias para performance java

Usar só uma conexão pois cada conexão ao banco de dados é um processo muito demorado, a sugestão seria criar essa conexão na camada de visão e levar ela entre as camadas sempre que precisasse persistir dados.
Só usar collections,array,list com a capacidade inicial determinada.
Criação de índices para todos os critérios utilizados nas buscas, prefirindo sempre os atributos int pois estes são menores e mais fáceis de encontrar o resultado e quando for atributo varchar limitar o índice a pesquisar somente parte dessa string.
Usar serializaçao de objetos fato muito interessante se quiser carregar a listagem do banco de dados somente uma vez e usar arquivos de texto depois

Análise e Comparação de Frameworks de Persistência Java

Imagem
Análise e Comparação de Frameworks de Persistência Java0
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ
COORDENAÇÃO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS



ÉDINA MARIA DAS NEVES
THYAGO HENRIQUE PACHER






ANÁLISE E COMPARAÇÃO DE FRAMEWORKSDE PERSISTÊNCIA













TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO











PONTA GROSSA
2012

ÉDINA MARIA DAS NEVES
THYAGO HENRIQUE PACHER








ANÁLISE E COMPARAÇÃO DE FRAMEWORKS DE PERSISTÊNCIA

Trabalho
de Conclusão de Curso apresentado como requisito parcial à obtenção do título
de Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Coordenação de
Informática da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Orientadora:
Prof. Simone de Almeida









PONTA GROSSA
2012