O Programa 5S

O Programa 5S teve origem no Japão pós-guerra (1950). Idealizado por Kaoru Ishikawa, tem como objetivo preparar uma empresa ou qualquer espaço físico para melhoria no ambiente. Representa cinco atividades: Seiri(organização), Seiton (ordenação), Seiso (limpeza), Seiketsu (asseio) e Shitsuke (disciplina). Em inglês, a tradução usualmente utilizada é: Sorting, Systematising, SweepingSanitizing e Self-disciplining. Depois de ocidentalizado, o Programa 5S ficou conhecido comoHousekeeping.



Filosofia 5S


5S Housekeeping é um programa de melhoria comportamental, cuja principal característica é a simplicidade. Seus conceitos são bastante profundos e podem ser aplicados tanto na vida profissional como na vida pessoal. Pessoas que praticam estes conceitos tornam-se gerentes de si mesmas, proporcionando uma melhora para a organização e para o mercado de trabalho. Somente quando os empregados se sentirem orgulhosos por terem construído um local de trabalho digno e se dispuserem a melhorá-lo continuamente ter-se-á compreendido a verdadeira essência do 5S. A essência do 5S é a autodisciplina, a iniciativa, a busca do conhecimento de si mesmo e do outro, o espírito de equipe, o autodidatismo e a melhoria contínua em nível pessoal e organizacional.

Implementação do Programa 5S - Housekeeping


O programa 5S deve ser implementado com o objetivo específico de melhorar as condições de trabalho e criar o "ambiente da qualidade", ou seja, iniciar uma mudança de cultura na empresa que favoreça a implantação da Gestão pela Qualidade Total em todos os ambientes da mesma.

Assim, as organizações com o objetivo da busca de melhoria da qualidade de vida no trabalho utilizam o programa 5S como uma base para o desenvolvimento dessa qualidade. Hoje, algumas empresas acrescentam mais três S"s: Shikari Yaro (determinação), Shido (educação/treinamento) e Satsuyaku (economia).

No início, o programa era denominado 3S. Depois, passou-se a utilizar cinco palavras e sua denominação passou a ser 5S, e assim, sucessivamente, foi se transformando de empresa para empresa e tendo outras denominações: 6S, 7S, 8S, etc.

Antigamente, no Japão, as fábricas eram muito sujas. A administração e os operários não percebiam e conviviam com a situação, e, devido ao programa 5S, isto mudou. Quando outros países começaram a se interessar pelo Total Quality Control (TQC), logo se perguntavam: Como iniciar a implantação?, ao que o professor Ishikawa respondia: Sempre pela limpeza. Em ambientes sujos jamais haverá qualidade. O caminho prático é a implantação dos 5S, cinco passos integrados que buscam fortalecer 5 sensos, formando um todo único e simples que ajuda a encarar o ambiente de trabalho de uma maneira totalmente nova.

Objetivos do Programa 5S


Não só os aspectos de qualidade e produtividade devem ser delegados aos funcionários: o mesmo deve ocorrer com relação à organização da área de trabalho, gerando descarte dos itens sem utilidade, liberação de espaço, padrões de arrumação, facilitação para o próprio funcionário saber o que está certo e o que está errado, manutenção da arrumação, limpeza, áreas livres de pó, condições padronizadas que clareiam a mente do funcionário e a disciplina necessária para realizar um bom trabalho em equipe dia após dia.

São objetivos da metodologia 5S Housekeeping: melhorar a qualidade dos produtos/serviços; melhorar o ambiente de trabalho; melhorar a qualidade de vida dos funcionários; maximizar o aproveitamento dos recursos disponíveis; reduzir gastos e desperdícios; otimizar o espaço físico; reduzir e prevenir acidentes; melhorar as relações humanas; aumentar a auto-estima dos funcionários, entre outros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Api para correspondente bancário - Analise Info